Os resultados da sua pesquisa

Aumento do salário mínimo eleva poder de compra em Rio Preto

Publicado por Imóveis de Rio Preto em 22 de abril de 2015
| 0

Oportunidades chegam também ao setor imobiliário, que prevê crescimento da procura.

Aumento do salário mínimo eleva poder de compra em Rio Preto

Levantamento feito pelo Banco Central aponta que o salário mínimo, atualmente em R$ 788, atingiu em janeiro seu maior poder de compra desde agosto de 1965. De acordo com o Boletim Regional da entidade, apenas no período entre julho de 1964 e julho de 1965 o salário mínimo comprava mais do que hoje, em valores corrigidos pela inflação.

De 2003 a 2014, o rendimento médio da população com renda de até um salário mínimo cresceu 52% a mais do que o próprio salário mínimo. Tal fato pode ser explicado pela formalização do mercado de trabalho, que atraiu profissionais que ganhavam menos que o mínimo.

Para a população que ganha de 1 a 1,5 salário mínimo, o rendimento médio real do trabalhador subiu 1% a mais que o mínimo de 2003 a 2014. Na faixa de 1,5 a 3 salários mínimos, o indicador aumentou 23% menos que a correção do mínimo. Para a população que ganha mais de 3 salários mínimos, o rendimento médio real subiu 53% a menos que o mínimo.

Aumento do salário mínimo eleva poder de compra em Rio Preto

Isso reflete especialmente nos trabalhadores de até 35 anos de idade. De acordo com levantamento feito pela Caixa Econômica Federal, quatro em cada dez compradores de imóveis estão abaixo dessa faixa etária.

Para Alessandro Nadruz, diretor da Regional do Secovi em São José do Rio Preto, fatores como o nível de emprego e renda em alta permitem que os jovens comprem a casa própria com mais facilidade. “Eles ainda contam com o financiamento imobiliário, que permite valores mais baixos nas mensalidades, além da grande oferta de casas e apartamentos”.

Fonte

Listas para Comparação